domingo, 26 de julho de 2009

Os 5 mandamentos do Dr. Alfredo Halpern, endocrinologista e criador da Dieta dos Pontos:

1- Não se culpe por ser gordo. Procure ajuda e emagreça;
2- Fuja das fórmulas mágicas e das dietas milagrosas. O que vale é aprender a comer;
3- Não há alimento proibido. O segredo é não exagerar em nada;
4- É possível comer bem e ter um peso normal;
5- Obesidade é uma doença e, às vezes, seu tratamento requer a intervenção de medicamentos. Mas lembre-se: eles precisam ser receitados por um médico.


VOU PASSAR FOME FAZENDO ESTA DIETA?

Não existe forma de emagrecer sem que haja certo grau de sacrifícios, principalmente na fase de adaptação. O certo é que você não vai comer menos que seu organismo precisa para ficar saudável.
A proposta do endocrinologista Alfredo Halpern, um dos especialistas mais respeitados no Brasil, é dar liberdade para você montar o seu cardápio, desde que respeite uma cota. "Milagre não existe: qualquer um que coma sem critério e a mais do que precisa vai engordar. Não proíbo nenhum alimento, mas também não digo que pode comer à vontade."

Nesse regime, Halpern transformou as torturantes calorias numa pontuação (cada ponto vale 3,6 calorias) e estabeleceu uma cota de consumo diário. Para saber a pontuação dos alimentos, é preciso consultar tabelas. Se ultrapassar o limite, você tem comer menos no outro dia. O primeiro princípio, que agora você já conhece, é saber quanto pode comer. O segundo é selecionar bem a comida. "Quem quiser passar o dia inteiro à base de chocolate até pode. Mas não está aprendendo a se alimentar direito, fundamental para garantir a manutenção do peso", diz Halpern.

O ideal é seguir a pirâmide alimentar. "Essa ainda é a melhor fórmula de comer bem, com direito a tudo, e de forma saudável." Traduzindo para o cardápio, 55% do que você coloca no prato (165 pontos) devem vir dos pães, massas, cereais, de preferência integrais (todos esses carboidratos energéticos), e das frutas, verduras e legumes (carboidratos reguladores). De 15% a 20% (60 pontos) precisam vir das carnes, do leite, iogurte e queijo — especialmente as versões magras — e do feijão (proteínas). E 25% (75 pontos) podem ser originários da gordura, na forma de óleo, azeite, manteiga, frituras, mas sem esquecer que ela já está embutida em vários alimentos, como carnes e pratos prontos. Doces, que também fazem parte do grupo, podem ser incluídos, mas com moderação. Leia-se em doses pequenas — o ideal é que sejam consumidos só nos fins de semana.

COMECE
Faça o cálculo correto. Isso varia muito conforme biotipo, altura, sexo, idade e atividade física.

Para calcular sua quantidade de pontos diários:
http://www.cih.org.br/dietadalu/limite_pontos.htm

Edite sua tabela e cole em um caderninho. O último passo para você garantir o sucesso do programa é adotar um diário alimentar. "Quando você anota o que comeu, presta mais atenção ao que põe no estômago e reduz infinitamente os excessos", garante o criador da dieta. Ele deve estar certo.
Afinal, manter uma dieta na boca das mulheres por mais de três décadas não é para qualquer um. Calculadora na mão!

É legal comprar um caderninho bem do seu gosto (aquele q vc vai querer levar e usar), eu ainda prendi uma caneta com uma fitinha no espiral, assim não tem desculpa de anotar. Cole a tabela com os seus alimentos, tente fazer algo personalizado! Mas cole tudo o q vc gosta, mesmo aqueles alimentos de uma vez no ano, ou q vc comeu 1 vez na vida e nunca mais. Se vc tirar esses alimentos, vai chegar o momento em q vc os comerá de novo e daí cadê os pontos?

Comece a anotar tudo (até balinha) por uns 3 dias, sem se policiar muito, ou seja, antes de inicia a dieta pra valer. Calculando no fim do dia, vc conseguirá identificar as coisas desnecessárias q comeu por gula ou compulsão. Com o tempo, vc decora os alimentos q mais ingere no dia-a-dia e tbem aprende a fazer trocas saudáveis de alimentos parecidos.

MONTE A DIETA DOS SEUS SONHOS

Depois q vc começar pra valer (ontem?!), o controle dos alimentos terá de ser bastante rigoroso. Até mesmo uma balinha precisa ser contabilizada. Não há restrição de nenhum alimento, desde que não sejam ultrapassados os pontos pré-estabelecidos. Ou seja, você pode comer uma barrinha de chocolate, que vale 45 pontos, mas terá de compensar no decorrer do dia consumindo alimentos que valem menos pontos, como a maçã (14 pontos), por exemplo.

Se tiver uma balança de cozinha, melhor ainda. Nos casos em que vc mesma prepara sua comida, o legal é ter uma balancinha e ir pesando as porções pra ter mais exatidão, no início eu achava chato mas funciona melhor, p. ex. antes eu contava 1 concha de feijão meio de “olho”, mas pesando vi as diferenças entre as conchas e se tem mais ou menos caldo, no final, descobri q podia comer bem mais até o fim do dia! Isso tbem é muito válido nos casos das carnes. Claro q se vc come fora, não fique se martirizando com exatidões, não serão 5 ou 6 pontos q farão a diferença na sua nova cintura. Ah, em restaurantes tipo bufê são usadas colher de servir (colher de arroz) ou escumadeira.

PRINCIPAIS MANDAMENTOS

Faça conversões: Sempre que necessário faça as conversões das medidas caseiras:
1 col. de sopa = 3 col. de chá
1 col. de arroz = 2 col. de sopa
1 escumadeira média = 5 col. de sopa
1 concha média = 5 col. de sopa
1 xícara de chá = 7 col. de sopa

O que usar à vontade (ZERO PONTOS)

Os temperos que não valem pontos são: • aceto balsâmimo• alcaparras• alecrim• alho• baunilha• canela• cheiro-verde• coentro• cominho• curry• cravo • ervas finas• estragão• gengibre• hortelã• louro• manjericão• manjerona• mostarda em grãos• orégano• páprica• pimenta • pimenta-do-reino• raiz-forte• sal• salsa• sálvia• shoyu• suco de limão• tomilho• vinagre• Você também pode usar adoçante dietético à vontade.

Coma devagar e mastigue bem os alimentos.

Evite líquidos durante as refeições.

Anote diariamente os alimentos consumidos, suas quantidades e o número de pontos para saber se o total foi ultrapassado e se será necessária a compensação no dia posterior.

Se vc exagerou demais, não adianta ficar passando fome o resto da semana por causa da "jaca" nunca faça menos 300 pontos pois vc vai passar mal, simplesmente recomece a dieta. - Faça alguma atividade física. Ela é uma das maneiras mais eficazes e prazerosas formas de perder peso. Não é para menos: você conhece algum método que lhe dá direito de comer o que quiser e que promete enxugar de 3 a 5 quilos da sua silhueta por mês?

Assim é a Dieta dos Pontos.

Veja algumas recomendações: No caso de produtos industrializados, a precisão será maior se você dividir o total de calorias indicado no rótulo por 3,6 (que é o valor de 1 ponto).

Na tabela você também vai encontrar algumas preparações que são fritas, como a coxinha de galinha. No entanto, aprenda este truque: ao ler, por exemplo, os pontos de um filé de frango ou de qualquer outro alimento sem nenhuma especificação da forma de preparo, eles se referem a uma preparação assada, grelhada ou cozida.

Se a comida for preparada com fritura simples, aquela de imersão, então você deverá multiplicar os pontos indicados na tabela por 3.

Já se for um prato à milanesa ou empanado, você deverá multiplicar os pontos da nossa tabela por 4. Nas grandes refeições, como almoço e jantar, você deve descontar 15 pontos logo no início.

Esses pontos se referem ao tempero usado na cozinha para preparar a comida. Eles incluem até o óleo do preparo — que pode ser qualquer um de sua preferência, como soja, milho, girassol, canola ou azeite de oliva.

O tempero acrescentando à mesa deve ser computado à parte. Portanto, além dos 15 pontos de cada refeição, você deverá descontar o molho da salada ou aquele fio de azeite sobre uma fatia de pizza, por exemplo.

Fonte: contandopontos.blogspot.com/search/label/dieta

Tagged:

0 comentários: